BC - Como você escolhe seus amigos?



A Mylla Galvão propôs esta blogagem coletiva em comemoração aos seis meses de seu blog Idéias de Milene. O tema é mais complexo do que parece: Como você escolhe seus amigos?




Ou muito me engano ou foi Vinícius de Moraes quem disse que "Amigos a gente não faz, reconhece-os". Esta frase se aplica a mim com uma propriedade quase absurda, tamanha a sua exatidão. A todos aqueles que tentei imprimir uma amizade forçada a coisa não deu certo e desandou, no entanto, surgiram no decorrer da vida algumas amizades inesperadas, de onde jamais imaginei que floresceria coisa alguma.

Um bom exemplo disso foi o surgimento de algumas importantes amizades dentro da faculdade,  de forma natural e espontânea, pessoas que sinto como se as conhecesse desde à infância, e que aos poucos preencheram as lacunas que a vida se encarregou de abrir. E também os amigos virtuais, que são mais recentes em minha vida, mas que já ocupam um lugar especial, por todo o carinho que tenho recebido.

Porém, ao longo do tempo diversos episódios me frustraram, talvez por eu esperar muito das pessoas - ou esperar de meus amigos o mesmo tratamento que lhes dedico, o fato é que diversas vezes saí ferido destas situações. E quando uma amizade é ferida não há muito o que se fazer: você pode conversar, por panos quentes, perdoar, mas jamais será como antes.

Em algum lugar, vi ou ouvi, não me recordo, que amizade é um caso de amor. Concordo. Muito me ofendi no lugar de amigos, fiquei triste e preocupado por que assim se sentiam, e feliz da mesma forma. Se os amo? Sim, alguns mais outros menos, uns são mais difiíceis de compreender - e aí entra a fina arte de ser amigo; outros prestimosos, que te conhecem tanto que são capazes de te compreender apenas pelo olhar.

Sinceramente creio não ser possível escolher as amizades. Não é tão simples. Não é apenas olhar uma pessoa, apontar o dedo e dizer: "Serei seu amigo!". Tal sentimento "nasce", mas, para isso, é necessário que se tenha um terreno propício, ou apenas espinhos brotarão.


30 comentários:

Cynthia Santos disse...

Concordo plenamente, amizade não se escolhe, acontece... também estou participando, adorei seu cantinho!
Um abraço!

jamesp. disse...

Belo texto,Luciano.E o outro blog ,de ficção,voc~e deixou de escrever lá?Volte,você escreve muito bem.
Visite meu novo blog http://perspectivashoje.blogspot.com/

Um abraço.

Luciano A.Santos disse...

Cynthia,

Passei pelo seu blog, mas não tenho certeza se consegui comentar :P

Grande abraço.

Luciano A.Santos disse...

James,

Obrigado. Então, com a monografia batendo na porta não tenho tido muito tempo de me dedicar a ele, mas estou rabiscando algumas coisas, e creio que esta semana posto algo novo.

Passei pelo "Perspectivas", já estou seguindo.

Grande abraço.

disse...

Olá Luciano1

Concordo plenamente contigo.
Nós não conseguimos escolher amigos, gostei quando do que você escreveu;
"Tal sentimento "nasce", mas, para isso, é necessário que se tenha um terreno propício, ou apenas espinhos brotarão."
Beijos meu querdio estou a te seguir, seu espaço é maravilhoso e muito aconchegante.
Fique com Deus!

Luciano A.Santos disse...

Rô,

Acredito que para que amizade surja, temos de estar prontos para ela, sermos receptivos, pois se nos mantermos fechados nada acontece. Muito obrigado pelas palavras, sempre passo lá pela "sua casa".

Grande abraço.

Cynthia Santos disse...

Pois é, Luciano, apareceram dois comentários e não consigo liberar nenhum! Podes comentar novamente?
Beijos!

Mylla Galvão disse...

Lu,
Obrigado por participar da minha Coletiva...
Sim, uma amizade nasce... Mas as vezes "erramos", confundimos coleguismo com amizade e nos decepcionamos...
O meu texto sai amanhã...

bjão

Luciano A.Santos disse...

Cynthia, tô passando lá. Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Mylla,

Este processo de erros infelizmente é necessário para podermos comprovar quem, realmente, é nosso amigo.

Foi muito bom participar. Beijo.

Sandra disse...

Ola amigo!
Também estou participando com esta blogagem da amiga Mylla.
Estou com o blog.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/

cada um de nós tem as mais diversas experiências de encontrar e escrever temas que nos fazem felizes. Este é mais um deles.
Esncontrar amigos é encontrar um tesouro.
Venha conferir.
Sandra

Chica disse...

Luciano! Também acho que não podemos escolher ser amigos de A ou B, a coisa flui normalmente! abração,tudo de bom,chica

Luciano A.Santos disse...

Sandra,

Amigos são mesmo um tesouro, raro e valioso. Já passei por lá, gostei muito do teu blog.

Um grande abraço.

Luciano A.Santos disse...

Chica,

Acho que isso é que é mais especial nas amizades: não se poder escolhê-las. Isso as torna mais autênticas, e muito mais significativas.

Grande abraço.

O Outro Olhar. disse...

Olá, gostei muito do seu blog Luciano, o meu é de Cultura e Arte no interior da Bahia (Recôncavo Baiano).
Ah! visita o meu, ok?
E fica amigo!
Valeu!

Luciano A.Santos disse...

O Outro Olhar,

Estou passando lá. Abraços.

Compondo o olhar ... disse...

concordo plenamente c vc!! os amigos surgem, acontecem naturalmente em nossas vidas...
parabéns !!! bela participação nesta blogagem super interessante.
adorei seu espaço...

bjocas
ps: tbm participo, dá uma olhadinha lá.

Marise von disse...

Concordo com você não conseguimos escolher nossos amigos...
e nem compramos
eles são uma dádiva...
Abraços,
Marise.

Ana Patrícia disse...

Concordo mesmo... a amizade não se escolhe, ela simplesmente acontece e é alimentada...

Passe pelo meu blog também participei na blogagem.

Abraço

Luciano A.Santos disse...

@Compondo o olhar

Com certeza, ao amigos surgem naturalmente, e por isso são tão especiais.

Grande abraço.

Luciano A.Santos disse...

Marise von

Esta palavra define bem os amigos: "dádiva". Felizes os que possuem esta dádiva.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Ana Patrícia,

Também acho que as amizades têm de ser cultivadas, pois assim se tornam mais duradouras.

Grande abraço.

Karina disse...

Não participei da blogagem mas como sou figurinha carimbada por aqui tenho que comentar rsrs
Concordo que amizades acontecem, assim como o amor, aliás, amor é indispensável em qualquer amizade, por isso mesmo muitas vezes defendemos veementemente um amigo, tomamos as dores dele para nós mesmos e estamos sempre ali, na alegria e na tristeza, na saúde a na doença, isso sem a necessidade de juramentos ou testemunhas, simplesmente por que o amor no impele a agir assim.
Amigos acontecem nas nossas vidas, e são ótimos acontecimentos.

Ótimo texto, como sempre.

Luciano A.Santos disse...

Karina,

Amizade é mesmo um caso de amor, sofremos e ficamos felizes, conforme eles estão, rimos e choramos juntos, são emoções pra vida toda.

Grande abraço, você é sempre bem vinda, rsrs.

Wania disse...

Concordo contigo, Luciano

Amigo a gente reconhece e depois guarda pra sempre no lado esquerdo do peito!!!

Bonito post,

Bjo grande pra ti

Luciano A.Santos disse...

Wania,

Muito obrigado. Amigos são assim mesmo, reconhecidos, não escolhidos. Creio que justamente por este motivo são tão especiais.

Beijo.

Marcone França disse...

Ola Luciano,
Quando vi a proposta da postagem coletiva da Mylla também achei bem complexa. Escolher amigo? Mas gostei de participar, e sempre importante colocar nossa opnião quando somos solicitados.
Tua participação foi primorosa, trouxe uma reflexão pertinente ao tema. Realmente amigo não se escolhe, usando suas palavras..."Tal sentimento 'nasce',..."

Abraço!
Bom domingo.

Luma disse...

Eu acredito que naturalmente nos aproximamos de pessoas que nos completam de alguma forma, tanto pela qualidade, quanto pela carência. Assim, também podemos nos aproximar de pessoas que se opõem completmente à nossa personalidade ou pessoas que admiramos.
Em geral, fico na espreita observando e deixando acontecer, para ver até que ponto a confiança vem se instalar.
Não pude participar desta blogagem, infelizmente! Boa semana! Beijus

Luciano A.Santos disse...

Marcone,

Num primeiro momento a proposta da blogagem chega mesmo a assustar pela aparente simplicidade, mas logo se percebe o quão longe se pode chegar com ela. Foi muito bom participar.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Luma,

Também costumo esperar pra ver o que acontece, assim podemos nos certificar - em parte - de que não seremos magoados.

Beijo e boa semana.

Postar um comentário

Os comentários aqui publicados são de total responsabilidade de seu respectivo autor, e não representa, necessarimente, a opinião do blog Luciano A.Santos ,de seu autor, ou seus associados e/ou prestadores de serviços.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial.