Como comprar um tênis



Tenho uma certa dificuldade em fazer compras. O motivo é simples: me falta paciência para a contemplação daquilo pelo que não me interesso. E não é falta de bons professores, minha mãe é capaz de ficar um bom tempo escolhendo uma roupa ou sapato, ela continua olhando mesmo depois de já ter feito sua escolha. Bem que poderia ser, neste aspecto, mais parecido com ela.

Alguns dias atrás fui comprar um tênis. Uma coisa normal se se tratasse de uma pessoa normal fazendo compras. Mas era eu. Até que me saí bem na escolha do modelo, uma vez que já saio de casa com uma idéia pré-estabelecida do que quero comprar, então é só buscar nas vitrines algo que se adéqüe a esta idéia. Mas então começam as complicações: calçados, assim como tudo que diz respeito a vestimenta, são numerados, então é bom você saber o número do seu calçado, ou será obrigado a olhar na sola do mesmo para ver o tal número e perceber que o local onde deveria estar escrito o número está gasto e ilegível. Então você terá duas opções: ligar para a mãe perguntando o número ou chutar. Foi o que fiz. 42.

Por incrível que possa parecer acertei. Um tênis 42 me serve perfeitamente. No pé esquerdo. Sim, por que, em casa, descobri que meu pé direito deve ser 43, se não maior. Então recomendo que experimente os dois pés, para evitar surpresas desagradáveis, e a ficar de pé, pois assim pode ter uma idéia melhor do conforto que sentirá ao usar o calçado. E use meias do tipo que usará com aquele tênis: como é comum nas sapatarias, sempre te oferecem uma meia para provar o calçado (cuidado com micoses e outras doenças de pele), mas esta meia quase sempre é social, muito mais fina que uma meia esporte, assim, um tênis que lhe sirva perfeitamente com uma meia social pode ficar um pouco desconfortável numa meia esporte. E tênis com meia social não dá. Assim como não dá ir comprar um tênis com uma meia furada, como eu fui.

Hoje voltei à loja para fazer a troca do tênis, com minha mãe. Melhor assim. Como também tinha que comprar camisas novas achei melhor trazê-la, para evitar maiores transtornos. Isso evitaria, por exemplo, um post sobre como comprar camisas. Posts assim são chatos, mas talvez necessários para que outras pessoa que odeiam a contemplação do que não importa tanto, como eu, não cometam o mesmo erro.

Sintetizando:

Ao comprar um sapato saiba qual seu número, vá com uma meia ‘ok’, prove os dois pés e fique de pé.

As coisas para mim poderiam ser mais simples, se eu não fosse tão complicado.



5 comentários:

digitaqueeuteleio disse...

Luciano, esta foi boa! rss
Mesmo eu não sendo um adepto às compras de roupas (compro conforme a necessidade), ainda sei meus números e também vou direto ao "ponto". Às vezes, dá até vontade de levar algo um pouco diferente, mas tudo se modifica quando vejo um selinho preso nelas que chamamos de etiqueta de preço, sabe? rss

E, detalhe, não gosto de gastar muito com roupas (economizo o quanto posso), já com produtos de informática e outros, a coisa muda.

Um abraço.
Marcelo.

digitaqueeuteleio disse...

Ah, e tênis não compro faz tempo: tenho ganhado! rss Outra coisa que evito comprar também...rss

Luciano A.Santos disse...

Marcelo,

cara, eu também só compro quando não dá mais para protelar, nos 45 do segundo tempo, o que não acontece com livros e revistas, que estou sempre comprando, e quem dera eu ganhasse mais do que presenteio, quem sabe um dia a coisa se inverte. Ah, e este selinho também me persegue. Sempre.

Abraços.

Marcelo disse...

Olá Luciano.
Estou pensando em comprar um tenis olympicus mas sou atleta amador.
Conferi alguns preços e gostaria de algumas sugestões. O tenis é meio caro da Olympicus. Recomenda algum outro ou a Olympicus?
http://www.catapreco.com.br/olympicus#rmcl

Luciano A.Santos disse...

Marcelo,

Não sou a pessoa mais indicada ´para te responder a este tipo de pergunta, mas posso falar como consumidor. Já tive um tênis Olympikus e, pelo que me lembro, ele aguentou bem o tranco. Nestes casos, compensa pagar um pouco mais.

Abraços.

Postar um comentário

Os comentários aqui publicados são de total responsabilidade de seu respectivo autor, e não representa, necessarimente, a opinião do blog Luciano A.Santos ,de seu autor, ou seus associados e/ou prestadores de serviços.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial.