Blogagem Coletiva – Solta o Som



Hoje é o Dia da Música, e a Vanessa do blog Fio de Ariadne propôs uma blogagem coletiva que pretendo mostrar como a música embala a tua vida e qual a sua trilha sonora. Afinal, quem nunca foi embalado por uma boa música?
Sempre gostei de música, e, por muito tempo, fui direta e completamente influenciado por meu irmão mais velho, até que, lá pelos 15 ou 16 anos, segui meus próprios rumos, se bem que na direção que me havia sido por ele mostrada.
 
Me livrar da influência dele não foi algo pensado, longamente ansiado. Pelo contrário, foi um fato natural, acho que tinha de acontecer e se deu de uma forma que só percebi mesmo algum tempo depois. Acabei passando a ouvir coisas diferentes das que ele ouvia, nada mais. Sozinho eu meio que vaguei a esmo, isolado no interior nem sempre tinha acesso a informações sobre música, lançamentos, shows, estas coisas. Tampouco me preocupava em ir atrás. Ouvia o que tinha em mãos e pronto. E também só ouvia o que gostava na época, até que dois famigerados cd's caíram nas minhas mãos.
 
Minha vizinha trabalhava na sede de uma fazenda, e um belo dia apareceu por lá a filha do fazendeiro, recém chegada dos EUA. Ao que parece a moça era meio problemática, e, sem mais nem menos, pediu para esta vizinha jogar fora dois cds, por que ela não queria mais. Minha vizinha, óbvio, não jogou, e como seu aparelho de som era antigo e não tocava cd, perguntou se eu queria. Aceitei mas não os ouvi logo, na verdade quase me esqueci deles, até que resolvi dar "uma olhada".
 
E qual não foi minha surpresa quando os ouvi, eram dois álbuns bem diferentes, mas que muito me influenciaram desde então: um logo de cara, o outro depois de um pequeno esforço. Eram nada mais nada menos que Who's Next, do The Who; e Time out of Mind, de Bob Dylan.
 
Do Who's Next gostei logo de cara, é um dos melhores álbuns do The Who e da música de todos os tempos, clássicos como Baba O'Riley, Behind Blue Eyes (que foi emporcalhado pelo Limp Bizkit), Won't Get Folled Again fazem a trilha sonora de qualquer fã de rock mais exigente, ainda mais se somado à energia de My Wife que narra o sofrimento pelo qual milhares e milhares de homens passam a cada fim de semana.
 
Time Out of Mind levou mais tempo. É um álbum difícil para se começar a ouvir Bob Dylan. É quase como começar a ler Guimarães Rosa por Primeiras Estórias. As músicas não são como Like a Rolling Stone, ou Hurricane Carter, que empolgam logo de início. Pelo contrário, é um álbum depressivo, arrastado, que tive de fazer força para me acostumar com a sonoridade, e fui recompensado, é uma obra-prima, sendo Standing in the Doorway e Tryin' to Get to Heaven as minhas favoritas.
 
Esses dois álbuns me despertaram para a música e me fizeram passar a querer saber mais, a conhecer seus artistas e sua vida, e a procurar sonoridades semelhantes. Hoje em dia The Who, e Bob Dylan são minhas bandas/artistas favoritos, assim como Johnny Cash, Janis Joplin, The Killers, REO Speedwagon, Muse, June Carter, John Denver, Garotas Suecas, a lista é enorme, e inevitavelmente alguns acabarão por ficar de fora.
 
Abaixo algumas favoritas dos meus favoritos.
 


18 comentários:

Nely disse...

Muito som aqui...
É dificil escolher porque a musica que ouvimos por escolha própria toda ela deixa uma nota musical em nossa orelha.
Gostei, parabéns.
Beijo com...Arrepio na pele.

Du disse...

Sua trilha está ótima! Tem uma música aí que eu simplesmente ADORO : Human, do The Killers!\o/

Wania disse...

Oi, Luciano.
A vida sempre dá um jeitinho de nos mostrar o que ela quer que a gente veja!

Bonito conhecer um pouquinho da vida de cada amigo nestas blogagens!
Belo post!
Bjão.

james p. disse...

Luciano,gostei muito do seu post.Eu também amo Johnny Cash,janis e Bob Dylan.E é mesmo muito difícil fazer uma lista.A minha seria quilométrica.
Parabéns,meu amigo e um grande abraço.

digitaqueeuteleio disse...

Nossa, Luciano, como isso é mágico! O que é lixo pra uns, é presente pra outros. E o poder que a música tem, independente do tempo. Já adquiri uns CDs em situações parecidas, onde a pessoa disse "ah, eu não quero, você quer?" Nem precisou perguntar de novo...rss

Música é tudo de bom.
Um abraço.
Marcelo.

Mari Amorim disse...

olá!
A música é a fotografia de nossa alma,
Adorei,também soltei o som.
Boas energias
Mari

Tempestade disse...

Luciano,
A vida nos reserva surpresas tão boas não é?
E que bom que alguém um dia resolveu jogar fora esses cd's.
Gosto musical muito bom.
Beijos Tempestuosos!

Luma disse...

Nooooooooooooosa!! Essa moça era problemática mesmo!! Onde já se viu mandar jogar no lixo dois discões como estes!!
Vou lá no Myspace ouvir as 'garotas suecas' que não conheço!! Beijus

Vanessa disse...

Luciano, adorei seu post. Só não conheço essas " garotas suecas" Muito obrigada pela participação.

Abraço

Luciano A.Santos disse...

Nely,

música é mesmo uma coisa muito particular, cada um tem sua preferência, seu estilo.

Obrigado pela visita, Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Du,

The Killers acertaram a mão definitivamente neste novo álbum. As músicas estão demais, e Human com certeza se sobressai.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Oi Wania,

também acho interessante conhecer mais dos amigos blogueiros, e estas blogagens coletivas são uma boa oportunidade para isso.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

James,

que bom que dividimos esta predileção por este trio aí. E com certeza alguns de quem gosto muito ficaram de fora, como Pearl Jam, e o rei...Elvis. Quem sabe não posto mais tarde sobre eles.

Grande abraço.

Luciano A.Santos disse...

Marcelo,

creio que isso é que é o mais importante: cada um ter a sua música preferida. Não sou lá muito apegado a linearidade não, rsrs.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Mari,

É verdade: a música que ouvimos diz muito de nós mesmos.

Também curti sltar o som, abraços.

Luciano A.Santos disse...

@Tempestade

Concordo plenamente. O que seria do (ou como seria) meu gosto musical se não tivessem resolvido jogar estes cd's fora?? Sabe que nunca tinha parado pra pensar??

Beijos.

Luciano A.Santos disse...

Luma, estou com você e não abro: onde já se viu jogar Bob Dylan no lixo???? Mas foi melhor pra mim né, rsrs.

Garotas Suecas é bem UP, gosto bastante.

Beijos.

Luciano A.Santos disse...

Olá Vanessa,

foi muito bom participar, eu é que agradeço por você ter proposto esta blogagem.

Abraços.

Postar um comentário

Os comentários aqui publicados são de total responsabilidade de seu respectivo autor, e não representa, necessarimente, a opinião do blog Luciano A.Santos ,de seu autor, ou seus associados e/ou prestadores de serviços.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial.