Das mudanças



O inverno está chegando e, ao contrário do ano passado, neste não terei férias, então nada de dormir até mais tarde para aproveitar ao máximo o calor debaixo do cobertor.

Creio que já falei aqui que fui transferido, então, neste ano enfrento um novo local de trabalho e tenho de me adaptar a novas pessoas e situações, algo bem diferente do ano passado. Mas não deveria reclamar, pois não acredito que minha transferência tenha sido motivada por qualquer tipo de represália, mas tenho direito íntimo e inegável de me sentir menosprezado, e estou fazendo bom uso dele.


Nesta história toda o que mais me incomoda é o fato de não ter sido consultado em nenhum momento: a notícia veio na forma de uma ordem. Não é assim que as coisas deveriam funcionar, ainda mais quando direitos estatutários irrevogáveis são existentes. Por algumas noites, considerei que trabalho na Rússia de Lênin, que decidia até mesmo quando seus asseclas deveriam ir a uma consulta médica.

Se uma coisa tiro disso tudo, é que há males que vêm para o bem. Em meu novo local de trabalho fui assimilado ao grupo numa velocidade surpreendente, e me sinto bem à vontade por aqui. Para completar o novo quadro, na sala ao lado será inaugurada nos próximos dias uma biblioteca. Numa rápida visita me deparei com livros que sempre quis ler: Um Conto de Duas Cidades, de Dickens , Da Terra à Lua, de Verne, e alguns clássicos de Asimov. Terei muita coisa pra ler durante este inverno. 

Mas meu orgulho está ferido.

_

É perceptível que este post foi escrito em dois momentos: no primeiro existe um problema, já no segundo ele foi contornado. Como disse, minha adequação ao novo local foi tranquila, e me trouxe até mesmo alguns bônus.

Mas, falando em leitura no inverno, gostaria que indicassem um bom livro para se ler no inverno, assim como os gringos estão fazendo para o verão de lá, como se pode ver aqui e aqui. Nada muito complexo:  visitem meu outro blog, o pontoLIVRO e indiquem um livro e digam o porquê ele é um bom livro para se ler no inverno. As respostas virarão um post a ser publicado por lá no dia 30 deste mês.


8 comentários:

Marcelo Moraes disse...

Embora mudanças chegam para nos dar aquele chacoalhão, é sempre bom encarar desafios. Já passei por "gangorras" e só tirei bom proveito disso tudo, pois amadurecemos mais e ficamos mais atentos aos que estão ao redor, principalmente os que querem sugar nossas energias para benefício próprio.

Legal a notícia da biblioteca, vai estar bem servido de leitura. Se caso eu tiver alguma indicação, passarei para deixá-la lá no outro blog.

Abraço.

Luciano A.Santos disse...

Valeu Marcelo, é assim mesmo: o melhor a se fazer é tirar bons ensinamentos destas situações e aprender com elas.

Fico no aguardo da indicação :P

Abraços.

Valdeir Almeida disse...

Luciano,

Eu sempre acredito nessa máxima: há males que vêm para o bem. Isso não é conformismo, mas uma constatação, como se vê no seu post.

Seu orgulho, de fato, está ferido, mas, como você mesmo falou, houve o lado positivo. Trabalhar ao lado de uma biblioteca equivale a estar no paraíso.

Visitarei seu outro blog.

Abraços e excelente semana.

Luciano A.Santos disse...

Valdeir,

Pois é, somando tudo acho que fica algo positivo, apesar de todos os pesares. Veremos no que dá.

Te aguardo por lá.

Abraços.

Mauri Boffil disse...

vou ler um livro argentino nas férias (tomara que isso nao de azar na copa).
Sorte na sua transferência!

Luma Rosa disse...

Não sabia que a mudança era uma transferência, mas sabia que havia uma mudança no trabalho que estava te chateando!

Já bisbilhotei seu outro blogue! :D Agora que fui convidada, vou lá! :D

Indico lá o livro né?

Ah, pedi um auxílio noutro post (6 vezes eu), se puder me ajudar.

Beijus,

Luciano A.Santos disse...

Mauri, sei não, mas acho que o livro não vai mudar o cenário tanto assim (vide meu próximo post).

Abração.

Luciano A.Santos disse...

Luma,

Pois é, mas me parece que uma "definição definitiva" está próxima. Veremos.

Quanto ao Apture, eu respondei lá no Luz, mas foi isso aqui: "O Apture, ele me deu muita, mas muita dor de cabeça mesmo. Fiz tudo como manda o site (uso Firefox) mas não aparecia na página de nova postagem a janelinha de configuração. Por fim desisti, mas, no dia seguinte, quando fui postar ela estava lá. A barra eu retirei o código após tudo ter dado certo. Até agora está tudo bem, até mesmo no IE8."

Grande abraço.

Postar um comentário

Os comentários aqui publicados são de total responsabilidade de seu respectivo autor, e não representa, necessarimente, a opinião do blog Luciano A.Santos ,de seu autor, ou seus associados e/ou prestadores de serviços.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial.