Só pensando



Ultimamente tenho pensado bastante no quanto é complicado ser adulto, em todos estes deveres, obrigações, responsabilidades e etc.

Quando criança, torcia para o tempo passar o mais depressa possível, pois a maioridade me traria – segundo acreditava – a mágica trinca sexo, drogas e rock ‘n’ roll, com o futebol permeando tudo.

Acontece que tenho 24 anos, não jogo futebol, jamais usei drogas, ouço folk e estou solteiro há um bom tempo.

Resumo da ópera: As coisas eram bem mais simples na minha infância, onde felicidade era encontrar dois Tazos num pacote de Baconzitos.



30 comentários:

Elaine disse...

Hihihi, eita vida dura a deste menino, meu Deus!!!
Não é à toa que dizem que crescer d´pi rs
Boa semana, Luciano.

Rodrigo disse...

Perfeito! Mas acredito que ainda não virei adulto, tanto que enquanto espero o ônibus, fico chutando pedrinhas e pedaços de isopor, tentando jogar futebol comigo mesmo. Com 26 anos.

Não posso tomar vergonha na cara porque minha música da formatura foi Blink 182 - What's My Age Again. :-D~~~~

Wania disse...

Luciano querido

Ahhh, se a gente soubesse disso... espichaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaava a infância!



Bjão carinhoso pra ti.

PS: Tazos não são do meu tempo (psiiiuu, não espalha), mas do tempo dos meus filhos, muito tive que comprar estes "porcaritos"...rsrsrs!

Chica disse...

O que direi eu,com 61???rsrs abração,chica

Mauri Boffil disse...

Nossa, e como e complicado... Antigamente viviamos em função dos jogos, das brincadeiras, dos desenhos... Hoje temos que trabalhar, pagar contas...

Vanessa disse...

Calma , Luciano, aos 40 a coisa fica pior :-P

Luciano A.Santos disse...

Elaine,

E dói mesmo, rsrs, mas acho que o que se deve fazer é se adaptar.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Rodrigo,

Também não sou alguém de quem se possa dizer: "olha como é maduro" ou coisa parecida, pois ainda jogo vídeo game e leio mangá!, e justamente por isso que acho que algumas situaçõs se tornam tão difíceis ou ao menos indesejaveis - como pagar contas.

Fazer o quê, vamos fingindo que crescemos..

Luciano A.Santos disse...

Wania,


É verdade, e a proveitávamos ainda mais...

Os Tazos eram uma loucura, chorava horrores por saber que não conseguiria comletar a coleção, rs, bons tempos.

Luciano A.Santos disse...

Chica,

Espero estar mais bem resolvido até lá, não dá pra ficar nessa indecisão este tempo todo né???rs

Grande abraço.

Luciano A.Santos disse...

Vanessa,

Minha mãe me falava o mesmo, rsrs. Espero amadurecer e saber lidar com tudo isso.

Grande abraço.

Luciano A.Santos disse...

Mauri,

Isso é o pior de tudo: teos de trocar o prazer pela obrigação. Ao menos pra mim é um preço bastante alto a se pagar.

Grande abraço.

Vanderson disse...

Ai aii eu sonhava que ia andar de skate muito bem quando tivesse 18 anos e com 22 ia ter um emprego fantástico!! Realidade: tenho 25 não gosto de skate e não sei andar (¬¬) e ainda estou na faculdade num emprego "meia boca" !!
ai aiii criança pensa cada coisa né?!
parecia tudo tão fácil mesmo!!
abraço!

Luciano A.Santos disse...

Vanderson,

Força aí, as coisas melhoram com o tempo, sempre.


Grande abraço.

Mylla Galvão disse...

Aos 40 fica melhor ainda... Esse ano quem faz 40 sou eu... Prá mim está sendo a melhor época... Encontrei o meu grande amor e estou apaixonada...

Olha o livro chegou e adorei a dedicatória!!!
Qdo terminar de ler - tem o último livro da série crepúcsculo para ler - te conto como é...

bjs

Catarino disse...

É verdade, quando somos criança o tempo passa muito devagar e depois é uma corrida sem fim, os prazeres ficam para depois, temos que completar os estudos, ganhar dinheiro e muitas outras coisas.

Sandra disse...

BOM DIA !!!!!!
TEM UM SELINHO DO DIA DO BLOGUEIRO.
SINTA-SE A VONTADE EM PEGAR.
PARABÉNS PELO DIA...
CARINHOSAMENTE,
SANDRA.

NA INTERAÇÃO TAMBÉM..
VOU TE ESPERAR.

Marina disse...

Achar dois Tazos era o máximo! Queria voltar a ser criança.

Luciano A.Santos disse...

Mylla,

Fico feliz por você, e lhe desejo uma boa leitura.

Abraços.

Luciano A.Santos disse...

Catarino,

Pois é, estas obrigações nos ocupam por demais, fica difícil aproveitar a idade.

Luciano A.Santos disse...

Sandra,

Obrigado, estou passando lá.

Luciano A.Santos disse...

Marina, se era! Depois disso o dia era só alegria, rsrs.

Sandra disse...

Quero agradecer,pelo imenso carinho. Estou muito feliz que veio e conferir a minha postagem.
Com certeza a amizade vale muito nesta hora. Sou teimosa e persistente. Não desisto. Mesmo sabendo que não fois possivel e contribui com o meu padacinho. Agradeço de coração a sua visita.
Tenho certeza, que tantas outras estaremos juntos. As vezes a internet, nos prega essas peças.
Inclusive os raios de final de semana. Até sem interne fiquei. E agora venho agradecer a sua visita e carinho na interação de amigos.
Muito obrigada..
Fiquei muito feliz.
Amizade é isso..Compartilhar sem medo de errar..
Simplesmente desafiar e tentar.
Carinhosamente,
Sandra

Du disse...

ehehehe eu lembro dos Tazos nos pacotes de baconzitos, adorava!

Eu estou sempre refletindo sobre tudo, acho que isso é que dá sentido a vida, todos os questionamentos que temos.

Vim especialmente agradecer teu comentário enquanto eu estava doente, ainda estou me recuperando, mas estou bem melhor agora. Muito obrigada, viu?

Beijos

Luciano A.Santos disse...

Oi Sandra,

Eu que agradeço. Um abração.

Luciano A.Santos disse...

Oi Du,

Muito bom saber que está bem e melhorando, continue assim, rs.

Beijo.

Luma Rosa disse...

Quando se apaixonar, vai se esquecer da infância! :) Desculpa, Luciano! Estou rindo por constatar mais uma vez que, damos tantas voltas, podemos correr o mundo, mas todos nós almejamos as mesmas coisas! Beijus,

Luciano A.Santos disse...

É verdade, Luma, no final, por mais diferentes que possamos ser ou achar que somos, todos ansiamos a mesma coisa, ser feliz.

Beijos.

Elaine dos Santos disse...

Luciano, diante de doenças e mortes que nos cercam na idade adulta, bem adulta, eu tenho dito, com frequência, que não gostei desta brincadeira de envelhecer, queria ser criança...tipo complexo de Peter Pan...mas, fazer o quê? c'est la vie.

Feliz Páscoa.

Luciano A.Santos disse...

Elaine,

Realmente, a vida adulta não tem lá muita graça, bem melhor era ser criança.

Feliz Páscoa.

Postar um comentário

Os comentários aqui publicados são de total responsabilidade de seu respectivo autor, e não representa, necessarimente, a opinião do blog Luciano A.Santos ,de seu autor, ou seus associados e/ou prestadores de serviços.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial.