BC – Como transformar nosso planeta num mundo melhor



Que a coisa está feia ninguém pode negar. Estamos vivendo um tempo de extremos, onde o meio termo não existe ou nada significa. Ou é calor ou é frio. Ou somos bons ou maus. Ou colaboramos para criar um mundo melhor ou assistimos tudo de braços cruzados.

Não existe um meio termo pois ele nada ajudaria a mudar a situação. Ninguém pode se comprometer “só um pouco”, ou fazer meia boa ação. Ou se faz ou se fica parado assistindo e sendo atingido pelas consequências.

selodevaneios

Muito se fala de que nós, seres humanos não temos consciência do que está acontecendo; discordo completamente, temos total consciência, pois somente se fôssemos homericamente imbecis é que ainda não saberíamos de nada. O argumento do eu não sabia não é mais válido. Todos sabemos, mas será que fazemos alguma coisa para mudar este quadro? Será que estamos fazendo o suficiente para anular interferências que datam de milhares de anos? E, principalmente, será que estamos dispostos a abrir mão de tudo o que a modernidade nos proporcionou, a um preço, muitas vezes, alto demais?

Dizem que devemos transformar o planeta, mas, sinceramente, creio que seja uma tarefa quase impossível num mundo onde só se pensa no lucro, na vantagem e em rendimentos. Já o modificamos demais ao nosso bel prazer, agora estamos colhendo tudo o que foi plantado. Também dizem que uma boa saída é conscientizar. Eu pergunto a quem? A quem já está consciente de tudo o que está acontecendo?

Se fazer nossa parte nos conforta, então é o que deve ser feito. Mude seu mundo e talvez inspire alguém a fazer o mesmo. Não adianta forçar mudanças hercúleas, temos que mudar a nós mesmos e aos poucos que nos rodeiam. Talvez assim possamos vencer uma batalha que a muito parece perdida.

____

Este texto faz parte da Blogagem Coletiva proposta pela Andréia, do Devaneios do Cotidiano, em comemoração ao aniversário do blog. Temo que ela tenha fugido um pouco do tema e ficado um tanto quanto pessimista, mas, no fim, é o que penso.

Mais participantes podem ser vistos aqui.

E à Andréia, parabéns pelo aniversário do blog!



17 comentários:

Chica disse...

Temos tanto a esperar e desejar para um mundo melhor,não? Mas fazer um pouco é um começo...abração,tudo de bom e vou torcer no sorteio!chica

Luciano A.Santos disse...

Chica,

É, fazer um pouco, cada um o seu pouco, já é um bom começo.

Boa sorte no sorteio.

Abraços.

Sanzinha disse...

Como eu disse, há muitas coisas simples que podemos fazer e que são de grande valor.
Basta querermos! :)

Obrigada pela visita, Luciano!

Beijos!

Andreia disse...

Olá Luciano,
todos somos um pouco pess´mistas as vezes, afinal tudo parece estar perdido e ficamos perdidos também.
O que não poedemos é perder a esperança e desistir de lutar.
Enquanto houver pessoas que não teem apenas a consciencia mas que as ponha em prática ainda pode-se dar um jeito nesta bagunça.
A Sanzinha disse uma frase que se enquadra muito bem neste contxto:
Sozinha não se muda nada, mas quando cada sozinho faz a sua parte, então temos muitas oportunidades que influenciam todos os dias.
E não se pode esuqecer que o amor é chave de todas as portas para um mundo melhor!
Muito obrigada meu querido por ser mais um elo nesta linda corrente do bem.
Você faz a diferença!
beijo na alma...

Graça disse...

Luciano,

...concordei com umas palavras que disse lá na Sanzinha...

vim então ver sua participação na blogagem coletiva, e amei o seu post!


Considero muito forte esse seu questionamento:

CONSCIENTIZAR QUEM? QUEM JÁ É/ESTÁ CONSCIENTIZADO???

Muito bom mesmo!!!

Um abraço!

*Eu tb aderi à blogagem.

Luma Rosa disse...

Não dá pra esperar as mudanças no mundo e depois ir na corrente!
O ser humano encontrou maneiras de se acomodar ao que a natureza ofereceu de graça e não dá nada em troca.
Não acredito nesta superioridade humana diante do que existe no universo. Sobre isto falei na minha postagem, mas acho que o positivismo pode influenciar pessoas, assim como agora, estão todos em um caminho que parece sem volta, pois assim dizeram os negativos ou oportunistas.
Este tipo de blogagem que a Andréia sugeriu, planta sementes e nisto acredito!
Boa semana! Beijus,

Mylla Galvão disse...

Lu,

Acredito que toda essa concientização tem q crescer dentro da gente! Então temos q conscientizar as nossas crianças!
Tb estou participando com o Vidas Linha!

Parabéns pelo texto!

bjão

Vou torcer no sorteio!

Sandra disse...

Estamos aqui, novamente, lutando pelos espaços coletivos..Hoje, mais do que especial..Ajudar a trasnformar o Planeta..Preserver e cuidar dele.
Eu também estou nesta luta.É só conferir.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
postei um pouco atrasada, mas, com o dever de tarefa cumprida.
Se cada um fizer a sua parte, logo transformaremos tudo..
A missão é grande..Mas a luta continua..São pequenos gestos que muda tudo.
O desafio é muito Grande..Mas juntos venceremos..
Carinhosamente,
Sandra
Aproveite para pegar seu selo..50 mil visitas é tudo de bom na Interação..
Passe lá.

Luciano A.Santos disse...

Sanzinha,

Creio que um grande erro é achar que mudanças macros é que salvarão o planeta. Acredito que as micro é que farão a diferença, pois parte de cada um de nós.

Beijos.

Luciano A.Santos disse...

Andréia,

Exatamente. Também acredito que somente conseguiremos um resulatdo positivo se "nos tranformarmos" intimamete e fizermos cada qual sua parte. Assim podemos chegar mais perto de uma solução.

Beijos, e parabéns mais uma vez!

Luciano A.Santos disse...

Olá Graça,

Saber do que está acontecendo isso o mundo já sabe, falta agora cada um de nós parar de chorar o leite derramado e começar a fazer efetivamente alguma coisa.

Um grande abraço.

Luciano A.Santos disse...

Luma,

As coisas estão mesmo bem feias, e só com uma boa dose de positivismo e consciência é que se pode fazer algo. Ainda acredito mais nas pequenas mudanças individuais que nas grandes campanhas de conscientização. Talvez assim consigamos algo.

Beijo.

Luciano A.Santos disse...

Mylla,

Exato, acho que devemos mudar a nós mesmos para só então mudarmos os outros, que seja então nosso futuro e do planeta, as crianças.

Beijo e boa sorte!

Luciano A.Santos disse...

Sandra,

O desafio é mesmo grande, mas se temos que começar por alguma coisa, o melhor é que seja por nós mesmos, só assim poderemos reverter este quadro.

Abraços.

Anônimo disse...

Amigos ,li por acaso ,mas gostaria de expressar uma simples opnião : enquanto as desigualdades não forem combatidas na sua origem que é o egoismo e a ganancia ,nada mudará é preciso reeducar o ser humano que se desumanizou a ponto de nem perceber que é mais uma maquina do que um ser da natureza a ela antagonico,é preciso plantar as sementes do respeito ,da solidariedade ,da igualdade e da paz ,e isso é muito abrangente para falar em poucas linhas ,portanto deixo aqui a minha opnião. abrs.

Luciano A.Santos disse...

Anônimo,

Concordo com você. O primeiro - e talvez o maior passo - está em mudar este quadro.

Anônimo disse...

a qual e ninquem liquamas pro meio hambiente parecem que eles acham que vao ter essa vida mansa pra sempre se nao comesarem a mudar vao acabar destruindo o mundo vao destruir o que Deus nos deu de graça nos nao pagamos pelo mundo nao o mundo e o que paga pra gente ele sofre em nossas maos e nao diz nada pessoas reclamao do que passa mas nao sabe porque se olhasem em volta saberiao oque e porque estar acontecendo aqui e uma menina de 13 anos que quer que o mundo seja um lugar melho um beijo e abraços

Postar um comentário

Os comentários aqui publicados são de total responsabilidade de seu respectivo autor, e não representa, necessarimente, a opinião do blog Luciano A.Santos ,de seu autor, ou seus associados e/ou prestadores de serviços.

Nenhum comentário aqui publicado sofre qualquer tipo de edição e/ou manipulação, porém o autor do blog se reserva o direito de excluir todo e qualquer comentário que apresente temática ofensiva, palavras de baixo calão, e qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação racial.